O Melhor Desta Semana | 23-29 de Abril

Monday, April 30, 2018

Hoje deu-me para partilhar convosco as coisas boas que surgiram no decorrer da semana passada. Felizmente, foi uma semana recheada de momentos que me encheram de felicidade!

OS TESTES


foto tirada no feriado, porque uma pessoa nem no Dia da Liberdade está livre!!

Após semanas cheias de trabalho e estudo, que me roubaram tempo para fazer as coisas de que gosto, chega ao fim a primeira fornada de testes. Aleluia!!

REUNITED



Na terça-feira, fui almoçar com a Patricia ao Frankie. Apesar de andarmos na mesma faculdade, raramente nos vemos. Por isso, cada vez que nos encontramos é para encher o bandulho no Frankie. Resulta sempre em horas de conversa, acompanhadas de hot dogs divinais 

Além da óptima companhia, o Frankie é um dos meus sítios preferidos, não só pela comida, mas também pela decoração!


25 DE ABRIL



No Dia da Liberdade, fui com a minha família visitar Alfama. Nunca lá tinha ido, apesar de não ser longe de onde vivo. É daquelas parvoíces que uma pessoa faz - temos tanta coisa para ver perto de nós, mas vamos sempre para longe quando é para conhecer coisas novas.

O dia envolveu muitas caminhadas pelas ruas de Alfama, visitas a monumentos e, ainda mais importante, boa comida! Fiquei ainda mais inspirada para explorar Lisboa a pé, como vos tinha dito que queria fazer no post 22 antes dos 22. Escreverei um post dedicado apenas à nossa visita a Alfama, por isso fiquem atentos 😋

·············

Como podem ver, foi uma semana recheada de coisas óptimas, e vai, com certeza, ficar na memória!

E vocês, o que fizeram durante a semana passada?

Até ao próximo post! 

Unboxing #1

Friday, April 27, 2018


É verdade... quebrei a minha promessa de não comprar mais livros 😅
What can I say, não consigo resistir a livros usados por dois e três euros! 🤷🏻‍♀️

Como tal, hoje trago-vos um unboxing the alguns livros que encomendei num site de livros usados - Awesome Books que é, de longe, onde eu compro mais livros. Todos eles são thrillers ou policiais, que é o género que mais tenho lido ultimamente. Acho que estou a ficar viciada...

Aqui fica o vídeo de unboxing - os links dos livros estarão mais abaixo ⇣


The Couple Next Door de Shari Lapena
The Nightmare de Lars Kepler
The Loving Husband de Christobel Kent
Gone Girl de Gillian Flynn
The Girl with a Clock for a Heart de Peter Swanson
The Truth About the Harry Quebert Affair de Joël Dicker

E vocês, costumam comprar livros usados?

Espero que gostem do primeiro unboxing aqui no blog!
Até à próxima 

Nova Obsessão | Casa de Carolina Deslandes

Wednesday, April 25, 2018


Estou, neste momento, a escrever este post durante uma aula. Porquê? Porque não me sai da cabeça o novo álbum da Carolina Deslandes. O professor fala e eu só oiço a 'Coisa Mais Bonita' na minha cabeça.
Por isso, decidi partilhar esta obsessão convosco, e falar-vos de algumas das canções, na esperança de conseguir prestar atenção ao resto da aula.

Este fim-de-semana, estava eu muito bem a ouvir a minha playlist de primavera no Spotify quando surge a típica publicidade da plataforma. Falavam na mais recente novidade, o álbum Casa, de Carolina Deslandes.

Eu sempre gostei das músicas da artista, mas confesso que nunca fui uma fã assídua que seguisse o que ela fazia. De vez em quando ainda dou por mim a cantarolar a Mountains, que eu adoro, mas nem sequer tinha ouvido o álbum todo.

Já tinha ouvido A Vida Toda, que passa muitas vezes em todas as rádios. É uma canção bonita, mas não me chamou tanto quanto as que a seguiram. Há pouco tempo, começaram também a passar a Avião de Papel, e essa sim, é totalmente o meu tipo de música. Há semanas que ando a cantarolá-la, não me sai da cabeça!!

Por ter gostado tanto desta última canção, achei que devia ouvir o resto do álbum - o que eu fui fazer!! Assim que ouvi a Coisa Mais Bonita, colaboração com António Zambujo, fiquei completamente rendida. Já a devo ter ouvido umas 20 vezes, e não tenciono parar tão cedo. A combinação das vozes deles, numa canção tão doce, aquece-me o coração de uma forma que não vos consigo explicar.
Espero que nunca parem de fazer colaborações, porque são dois artistas que se encaixam perfeitamente!

Maria Cabeça de Vento fala de algo com que me relaciono quase a 100%. Aliás, toda a minha vida me chamaram "cabeça de vento". Sempre fui aquela pessoa que, como se costuma dizer, só não se esquece da cabeça, porque está agarrada ao corpo. Além do maravilhoso instrumental, e da voz doce de Carolina Deslandes, é-nos apresentada uma letra que nos faz rir - e das duas uma: ou nos relacionamos com o que está a ser cantado, ou o associamos a alguém que conhecemos.

Por fim, temos uma cover d'O Circo de Feras dos Xutos e Pontapés - que suponho ser uma homenagem a Zé Pedro. Aqui, Carolina aparece, não com a voz doce e calma que encontramos nas restantes canções, mas sim com uma voz poderosa que até nos põe carecas.

Considerando que percebo tanto de crítica musical como de estiva, vou terminar o post partilhando convosco o meu top 5 deste álbum:

  1. Avião de Papel
  2. Coisa Mais Bonita
  3. Maria Cabeça de Vento
  4. Adeus Amor Adeus
  5. Circo de Feras


E vocês, gostaram da Casa de Carolina Deslandes? Quais são as vossas canções preferidas?

Espero que tenham gostado da primeira 'review musical' aqui do blog.
Até à próxima! 


P.S. Não cheguei a prestar atenção...

Dia Mundial do Livro | 15 Géneros, 15 Livros

Monday, April 23, 2018


FELIZ DIA DO LIVRO!!


Para comemorar este dia especial, decidi trazer-vos um vídeo de recomendações. Escolhi 15 géneros/categorias diferentes, e recomendei 15 livros diferentes, um por cada categoria.

Deixo abaixo os links para poderem comprar os livros mencionados


LIVROS MENCIONADOS
The Kiss of Deception de Mary E. Pearson
Between the Blade and the Heart de Amanda Hocking
A Seleção de Kiera Cass
In Real Life de Jessica Love
Amor Cruel de Colleen Hoover
Furthermore de Tahereh Mafi
The Devil Crept In de Ania Ahlborn
The Wife Between Us de Sarah Pekkanen e Greer Hendricks
A Mulher Desaparecida de Sara Blædel
You Know Me Well de Nina LaCour e David Levithan
Summer Days & Summer Nights de Vários Autores
Lisístrata de Aristófanes (aconselho que tentem arranjar em segunda mão, já que a única edição que encontro nas livrarias é esta, e não é propriamente barata)
Ilíada de Homero (indisponível de momento)
Atonement de Ian McEwan (foi traduzido cá, mas está indisponível)
Episódios da História de Portugal... de Ricardo Raimundo

Espero que gostem do vídeo, e que sirva para descobrirem livros novos!
Até à próxima 

Promoções do Dia Mundial do Livro

Sunday, April 22, 2018


Como forma de celebração do Dia Mundial do Livro (23 de Abril), existem sempre promoções em várias livrarias - quer físicas, quer online.

Hoje trago-vos um post com as promoções e ofertas das quais tomei conhecimento. Já sabem que eu sou fã de promoções em livros, e é raro comprar um livro sem desconto - nem que seja de 10%! -, por isso gosto de partilhar com vocês formas de obterem livros a preços mais acessíveis.
Vamos lá ao que interessa...


WOOK


Esta segunda-feira, 23 de Abril, a Wook terá todos os livros a 20-50% (em cartão) - incluindo novidades! Eu até acho que já sei qual é o livro que vou aproveitar para comprar ;)

Eu sou afiliada da Wook, por isso qualquer compra que façam após clicarem no meu link ajudará o blog e o canal, já que receberei uma pequena comissão (sem qualquer custo adicional para vocês)


dia-mundial-do-livro-mrec


PORTO EDITORA


Segundo esta notícia, a Coolbooks (chancela da Porto Editora dedicada a novos autores portugueses) terá todos os ebooks disponíveis para download gratuito no dia 23 de Abril. Cada leitor terá a oportunidade de escolher um título, e obtê-lo gratuitamente. Aconselho-vos a espreitar o catálogo deles, existem bastantes livros que me parecem interessantes.
Provavelmente, o ebook que vou obter será O Longo Caminho de Regresso de António Bizarro - fiquei muito curiosa!


FNAC


A FNAC está com as promoções da Festa do Livro já desde Março. As novidades têm 10% na loja e online, e há uma enorme selecção de livros com descontos até 50%
Eu já aproveitei estas promoções, e mostrei-vos os livros que comprei no book haul de Inverno.
Para além destas promoções, que estarão activas até quarta-feira, dia 25 de Abril, a FNAC está também a preparar actividades por Lisboa e pelo Porto que envolvem a oferta de livros e vales da Fnac. Podem ler mais sobre as actividades aqui.


AMAZON (ES)


Na Amazon Espanhola, os ebooks terão 65% de desconto. Para quem sabe espanhol, é uma óptima altura de acumularem ebooks por 1-2€ cada um! 
Podem ver a página dos ebooks aqui.

BERTRAND

A Bertrand tem descontos até 50% (em cartão) até dia 29 de Abril. Podem ver todas as promoções nesta página.
Existem ainda autores em destaque, como Afonso Cruz, cujos livros costumam ter óptimas críticas!
•••••••
Até agora, foram estas as promoções que encontrei. Caso encontre mais alguma, divulgarei na página do Facebook, ou actualizarei esta lista.
Espero que o post vos seja útil, e que consigam aproveitar as promoções!
Até à próxima 

Tag | No Outono é Sempre Igual

Saturday, April 21, 2018


Hoje trago-vos um vídeo completamente fora de contexto e época: uma tag de Outono.

Como devem ter visto no post sobre os meus blogs preferidos, o Serendipity da Melina é logo dos primeiros blogs que eu menciono, já que adoro o trabaho dela.
Sendo agora Outono no Brasil, a Melina criou uma tag em torno dessa temática. Como eu adoro o Outono, decidi gravar a tag, mesmo que seja Primavera em Portugal :D



Aqui ficam as categorias:

1. A noite cai, o frio desce: um livro que se passa em uma época fria 
2. Mas aqui dentro predomina esse amor que me aquece protege da solidão: um livro quentinho no coração 
3. A noite cai, a chuva traz o medo e a aflição: um livro com uma atmosfera sombria 
4. Mas é o amor que está aqui dentro que acalma meu coração: um livro que você gostaria de poder viver dentro e interagir com os personagens 
5. No outono é sempre igual: um livro, autor ou gênero que você sempre gosta de ler nessa época do ano 
6. As folhas caem no quintal: um livro que trata sobre algum assunto delicado 
7. Só não cai o meu amor: um livro com uma história de amor 
8. Pois não tem jeito, não, é imortal: um livro que você acha que deveria virar um clássico para que todas as futuras gerações pudessem ler

Espero que gostem da tag!
Até à próxima 

A Minha Experiência com a Leitura

Thursday, April 19, 2018


O post de hoje é mais pessoal - venho falar-vos sobre a minha experiência com a leitura, e como eu comecei a ler. Considero que não é o percurso mais natural, por isso achei que seria interessante partilhar com vocês como surgiu o meu amor pelos livros.

Sempre fui daquelas pessoas que, simplesmente, não têm o hábito de ler, nem têm interesse em fazê-lo. Aliás, eu nem 'obrigada' lia, tanto que só li meia dúzia de páginas (se tanto) dos livros de leitura obrigatória no Ensino Básico e Secundário.

Os meus pais, ao contrário de mim, sempre tiveram o hábito da leitura - a minha mãe mais dedicada à literatura, e o meu pai aos livros temáticos.

Tudo isto mudou a partir do momento em que descobri a comunidade literária online, há cerca de três anos atrás, já com 18 anos. Lembro-me de descobrir o canal da Regan e sentir uma enorme vontade de ler todos os livros que ela mencionava. A partir desta magnífica comunidade literária, fui ganhando curiosidade em relação a certos livros.

Um dia comprei um livro que estava a metade do preço (vocês já sabem onde) - 7 Meses e Meio Para Encontrar um Namorado, de Carolina Aguirre. O título e a sinopse pareceram-me engraçados, por isso resolvi dar-lhe uma oportunidade. Não foi a melhor leitura, até porque só lhe dei duas estrelas, mas gostei o suficiente para querer explorar mais este 'novo mundo'.

O gosto pela leitura veio à superfície quando, num belo dia, passei pela secção dos livros da FNAC e acabei por trazer de lá o Eleanor & Park de Rainbow Rowell, que tinha saído há pouco tempo em Portugal. Penso que não demorei mais de dois dias a lê-lo. Mexeu muito comigo e fez-me chorar baba e ranho, algo inédito para mim. Até hoje, considero-o um dos meus livros preferidos, e é, sem dúvida, o livro que me fez apaixonar pela leitura.

A partir daí, comecei a experimentar ler em inglês, já que tinha um nível avançado na língua e os livros ficavam quase a metade do preço das traduções - o que significava mais leituras, pelo mesmo preço. Fui desenvolvendo uma preferência (que se mantém até hoje) pela leitura em inglês, como já devem ter percebido pela bookshelf tour.

Quase todas as semanas encomendava livros, e a minha colecção foi crescendo. No início, ainda dava vazão aos livros que comprava, mas depois comecei a acumular demasiados. Ainda hoje acumulo demasiados livros, e é por isso que a maioria da minha estante está ainda por ler *pânico*

E foi assim o meu percurso, como foi o vosso?

Espero que tenham gostado do post!
Vemo-nos no próximo

The Kind Worth Killing | Peter Swanson

Monday, April 16, 2018


Título: The Kind Worth Killing (Aqueles Que Merecem Morrer em Português)
Autor: Peter Swanson
Editora: Faber & Faber
Ano de publicação: 2015
Páginas: 415

Onde comprar: Inglês & Português

Hoje venho falar-vos de mais uma leitura fenomenal - The Kind Worth Killing de Peter Swanson. Este ano está a ser muito bom em termos de qualidade (mas não tanto em quantidade, infelizmente!).

Há uns meses atrás, fiz uma leitura conjunta com a Dora de outro livro do autor que saiu em 2017 - Her Every Fear. Foi uma leitura espectacular, lembro-me de devorar o livro. No entanto, já sabia que todos achavam que o melhor livro do autor era o The Kind Worth Killing. Séculos depois, decidi, finalmente, lê-lo. Como podem imaginar, as minhas espectativas eram bastante altas, já que toda a gente no booktube adorou esta leitura.
The Kind Worth Killing não só atingiu, como superou as minhas espectativas!

A História


A narrativa começa com o Ted sentado no bar do aeroporto, à espera do avião para Boston. Há uma mulher - a Lily - que mete conversa com ele, e acabam por conversar durante horas, já que vão no mesmo voo. Durante esta conversa, Ted revela a Lily que descobriu que a sua mulher, Miranda, o anda a trair. Em tom de brincadeira, acaba por lhe dizer que lhe apetece matá-la. Lily, ao contrário do que ele esperava, não só apoia a ideia, como se oferece para o ajudar.

“Okay,” she said, and thought a moment. “Truthfully, I don’t think murder is necessarily as bad as people make it out to be. Everyone dies. What difference does it make if a few bad apples get pushed along a little sooner than God intended? And your wife, for example, does sound like the kind worth killing”.

Opinião


A partir daqui, desenvolve-se um enredo genial que envolve vários personagens que vamos conhecendo. São revelados segredos e passados obscuros - algo que eu aprecio sempre em thrillers - e existem várias reviravoltas que tornam a história ainda mais viciante. Swanson é um daqueles autores que, quando pensamos que já sabemos o que aconteceu/vai acontecer, nos surpreendem novamente. É uma das qualidades que mais aprecio num autor - nada pior do que ler um livro previsível!

I thought about it constantly, turning the idea around in my mind like looking at a diamond from every possible perspective, looking for flaws or cracks, looking for guilt or second thoughts, and I found none. All I found was the renewed conviction that [personagem] was a monster that I needed to slay.

Eu devorei este livro! Só não li mais depressa porque é época de testes e, infelizmente, o tempo é escasso. Por falar em ler, houve outro aspecto do livro que me agradou muito: leitores. Se há coisa que adoro é ler descrições de hábitos de leitores ou do seu amor pelos livros, provavelmente porque me consigo relacionar com essas descrições.

I’d watched her for an hour one night, as she sat in her red leather chair, her legs tucked up under her, reading a hardcover book. While she read she absentmindedly twirled a long strand of hair in a finger. A cup of tea next to her sent up a ribbon of steam.

O facto de a história ser contada de vários pontos de vista diferentes, não só torna a leitura muito mais completa, como nos faz perceber como uma situação pode ser vista de forma tão diferente, dependendo do personagem, e as repercussões que isso pode ter. É algo que acho muito interessante.

Apesar de o livro ser sobre um assassinato, proporciona vários momentos de humor, e houve alturas em que ri à gargalhada.
Resumindo, The Kind Worth Killing tem tudo o que se quer num thriller, e eu adorei cada página. Estou mortinha para ler o novo livro do autor que acaba de sair - All the Beautiful Lies. Apesar de já ter visto reviews negativas, duvido que haja um livro de Peter Swanson que não me agrade!

★★★★★ 5/5 estrelas

top 5 | blogs literários internacionais

Friday, April 13, 2018


O post de hoje é muito empolgante para mim, já que eu sou 100% menina dos blogs. Também gosto muito de canais do Youtube, e eu própria tenho um canal, mas não tem a "magia" os blogs. Não há nada como tirar fotografias e sentar-me a escrever um post. Por outro lado, também não há nada como ler um blog e explorar o seu conteúdo.
Como conheço muitos, vou partilhar convosco alguns dos meus blogs literários internacionais favoritos que sigo avidamente. Não se preocupem: brevemente farei um post sobre os meus blogs nacionais preferidos ♡
Vamos lá começar!

SERENDIPITY


Sigo a Melina há anos, sou mega fã do trabalho dela. É uma blogger brasileira, de Curitiba, e começou o seu blog em 2010.
Desde o design do blog, às fotografias e à decoração do seu quarto, tudo me aconchega e aquece o coração de uma forma que não consigo explicar. Também adoro os seus canais e o seu Instagram, que vos aconselho vivamente a visitar.

Foi quem mais me inspirou a criar um blog literário, e por isso estou-lhe muito grata!

CRIME BY THE BOOK

Como o próprio nome indica, o blog da Abby é dedicado aos livros de crime/policiais/thriller. É uma das minhas inspirações em termos de conteúdo do blog em inglês (as reviews dela são muito boas) e dá-me imensa vontade de explorar mais a literatura dos géneros policial e thriller - e também me faz ir à falência ao comprar muitos livros desses géneros 😅
Quem gosta de Nova Iorque vai adorar o Instagram dela, já que a Abby trabalha lá e partilha frequentemente fotos e vídeos da cidade. 

Também adoro o design do blog - simples e funcional, mas muito agradável esteticamente.

BOOK BUM

Mais um blog maioritariamente dedicado a policiais e thrillers. Dá para perceber que adoro esses dois géneros? A Zuky é do Reino Unido e tem 21 anos. Publica posts com muita frequência, e tem muito conteúdo interessante e original, algo que me agrada.
Não costuma publicar fotos suas, mas o trabalho gráfico compensa totalmente! 

NOVEL KNIGHT

A Austine tem um dos blogs literários mais conhecidos - o Novel Knight.
Apesar de não ser blogger de profissão, publica conteúdo frequentemente, e as suas reviews são muito completas e detalhadas. No entanto, a minha parte favorita do seu blog é o desafio Beat the Blacklist, no qual estou a participar este ano. Se tiverem oportunidade, dêm um saltinho à página para saberem de que se trata, mas digo-vos que é genial. A Austine tem uma grande capacidade de desenvolver este tipo de iniciativa, e admiro-a muito por isso!

A PAGE WITH A VIEW

Por fim, mas não menos importante, temos a Cait. Mais uma vez, um blog com um design espectacular, muito clean e seguindo sempre a mesma estética.
É também actualizado frequentemente, mas confesso que a minha parte preferida são as fotografias da Cait. O Instagram dela é maravilhoso e super inspirador!


·················

E são estes os meus cinco blogs internacionais preferidos. Há muitos mais, mas tentei fazer uma selecção - só espero não me estar a esquecer de nenhum que adore 😅

E vocês, têm um top 5 de blogs? Deixem os vossos favoritos nos comentários, eu estou sempre à procura de mais blogs para seguir!

Espero muito que tenham gostado,
Até ao próximo post ♡

Book Haul de Inverno

Sunday, April 8, 2018


Este ano tenho adquirido menos livros - e como são tão poucos em cada mês, não se justificava gravar um haul. Porém, em Março acabei por me esticar um pouco, e fiquei com uma pilha considerável de livros novos para vos mostrar.

No total, adquiri 13 livros de vários géneros diferentes, e mostrei-os todos no vídeo de hoje!


Aqui fica uma lista dos livros, com links para os comprarem com portes gratuitos:

From the Earth to the Shadows de Amanda Hocking
The Cruel Prince de Holly Black (na WOOK ou no BookDepository)
O Homem de Giz de C.J. Tudor
As Gémeas do Gelo de S.K. Tremayne
As Raparigas Esquecidas de Sara Blædel
Talismã de Mário Zambujal
Serpentina de Mário Zambujal
Ensina-me a Voar Sobre os Telhados de João Tordo
Cinco Esquinas de Mario Vargas Llosa
O Homem que Escrevia Azulejos de Álvaro Laborinho Lúcio
A Máquina de Fazer Espanhóis de Valter Hugo Mãe


Alguns dos livros ainda estão disponíveis com desconto na FNAC:

Um Estranho no Coração de Eduardo Sá
Em Teu Ventre de José Luís Peixoto
Cafuné de Mário Zambujal


E vocês, que livros compraram ultimamente? Digam-me nos comentários abaixo ↓

Espero que gostem deste book haul,
Até ao próximo post!

Novo Endereço

Saturday, April 7, 2018


Alô! Hoje temos novidades - e das boas!
Como devem saber, o meu blog estava alojado na plataforma Sapo. Contudo, há muito que gostava de ter um blog com um domínio próprio, e personalizado ao meu gosto. Por isso, hoje apresento-vos o Achar o Fio à Meada, remodelado e com um novo endereço!

Devo confessar que adoro o novo visual, estou apaixonadíssima! Está quaaaaase, quase perfeito, só preciso de um tempinho para lhe dar uns retoques finais 😋

Espero muito que gostem,
Até ao próximo post ♡

22 antes dos 22

Friday, April 6, 2018

26F989AC-6AC5-4A0A-916A-9511C6818A9B.jpeg
Não sei se isto é um sentimento universal, mas muitas vezes tenho a sensação de que ainda não fiz, nem vivi nada durante a minha (ainda curta) vida. Olhando para outras pessoas da minha idade, tenho tendência a comparar-me a elas - algo totalmente errado de se fazer, mas que não consigo evitar.

Este ano faço 22 anos, e como ainda falta algum tempo até Agosto, pensei que seria uma boa ideia compilar uma lista de coisas que gostaria de cumprir até ao meu aniversário. Algumas delas são coisas que planeava fazer quando fosse mais madura e independente, mas porque não começar já? Talvez faça posts dedicados a cada uma destas coisas quando as cumprir. Digam-me se é algo que gostariam de ver aqui no blog ♡

Tentei, ao máximo, ser realista. Não vale a pena fazer uma lista de coisas que é muito difícil cumprir, para depois ficar desiludida, não é? Então, aqui vai a minha lista!

1. terminar a minha licenciatura 
2. visitar um país estrangeiro
3. fazer um piercing
4. atingir os 100 livros lidos durante a vida
5. criar um hábito saudável
6. terminar a decoração do meu quarto
7. um dia num spa
8. deixar, definitivamente, de consumir fast food
9. explorar Lisboa a pé
10. maratona de filmes de animação da Disney
11. começar a fazer exercício físico regularmente
12. sleepover com amigos/as
13. preencher um caderno por completo
14. pintar em tela
15. baile de finalistas
16. aprender a fazer algo novo para mim
17. livrar-me de objectos inúteis
18. vegetarianismo durante um mês
19. assistir a um concerto
20. começar a ler a Bíblia
21. parar de consumir bebidas que não sejam água ou sumos naturais
22. limpeza de pele

Não é uma lista nada pequena, mas vamos tentar cumprir tudo.
E vocês, têm alguma lista deste género? Follow my blog with Bloglovin

Receita | Panquecas de Aveia e Banana

Wednesday, April 4, 2018

A receita de hoje é uma versão saudável de um grande guilty pleasure - as panquecas. Parecendo que não, as panquecas tradicionais têm montes de açúcar, e montes de calorias. A partir desta receita da Cristina Ferreira, criei uma versão de panquecas saudáveis, ao meu gosto e com os ingredientes que tinha disponíveis.

Como já devem ter percebido, eu ponho banana em tudo - e as panquecas não são excepção.

Tempo de preparação: 10 minutos
Tempo de cozedura: 2-3 minutos cada
Serve: 8 a 10 panquecas

916F12D9-CAAB-41DC-9F14-D9D495256B07.jpeg

INGREDIENTES

  - 1 banana
  - sementes à escolha
  - 2 ovos
  - 150ml de bebida de arroz (podem também usar leite de vaca, amêndoa, soja, etc)
  - c. 1 ½ copo de farinha de aveia
  - ½ colher de chá de fermento
  - margarina para engordurar a frigideira


PREPARAÇÃO

70BCAE88-7AAE-43BD-8556-90A86722E44A.jpeg

1. Comecei por moer flocos de aveia para fazer a farinha, para depois ser só adicionar à massa. Eu tenho preferência pela farinha de aveia (noto que as panquecas não ficam coladas à frigideira), mas podem utilizar qualquer tipo de farinha. Acabei por moer cerca de 2 copos.

4859ACDA-C021-4FF4-98E1-AFE69DEC728E.jpeg

2. De seguida, esmaguei a banana com um garfo. Não esmago ao ponto de ficar quase líquida, até porque gosto que as panquecas tenham alguma consistência. Eu não adicionei açúcar a esta receita, já que a banana tem bastante açúcar por si só. No entanto, quem gostar das panquecas doces talvez precise de adicionar uma ou duas colheres de açúcar, porque elas não ficam doces apenas com a banana.

A921EC6A-D05F-4EFD-8B12-D11BCB9C1A79.jpeg92BDED8C-EEB5-47C9-96A3-D564C0E57389.jpeg

3. No mesmo recipiente, adicionei os ovos, a bebida de arroz e o fermento. O fermento é opcional, mas eu ponho sempre um pouco para as panquecas ficarem leves e fofinhas.
Adicionei as sementes à mistura nesta altura, quando está mais líquida, para poderem inchar - sementes de chia podem causar asfixia se este passo for ignorado. As sementes são opcionais, claro, mas costumo adicioná-las a muitos snacks porque são nutritivas - e nem se dá por elas ao comer!

27C1803A-D2CB-4186-B6F8-76DE81ABB2C5.jpeg

4. Por último, adicionei a farinha, pouco a pouco, até obter a consistência que pretendia. A massa das panquecas é sempre feita a gosto, vamos experimentando até perceber qual a consistência que faz as panquecas perfeitas para nós.

7D88C85D-5490-4AC2-8318-2F0FA97A78DA.jpeg

A massa ficou com este aspecto - não é homogénea, até porque contém as sementes e, provavelmente, flocos de aveia que não foram triturados. Eu não utilizei a massa toda de uma vez, até porque ia fazer panquecas só para uma pessoa. Pode guardar-se no frigorífico, tapando o recipiente, mas não aconselho a consumir caso deixem passar mais de 2-3 dias.

F3828C2B-DFE6-4C58-8C0B-5B754947F251.jpeg

Quanto à cozedura, eu costumo deixá-las a cozinhar na frigideira (pouco engordurada) até ficarem com estes furinhos. Quando estão cheias de furos, viro-as com uma espátula. Não costumo demorar mais de 2 ou 3 minutos com cada panqueca - mas isso depende também da intensidade do lume, claro.



B3587648-5539-44FB-9096-5428ABA81569.jpeg

Et voilà! Gosto sempre de acompanhar as panquecas com fruta e, às vezes, com iogurte grego. Claro que, sendo a altura da Páscoa, eu tinha de estragar a dieta com uma colher de Nutella, não é? Mas não faz mal, porque temos fruta e um cházinho de menta e especiarias para desintoxicar hehehe

Espero que gostem, eu achei-as deliciosas!
Até ao próximo post ♡

Na Mesinha de Cabeceira | Abril 2018

Tuesday, April 3, 2018


Há uns dias, na bookshelf tour, mostrei-vos a pilha de livros que tinha na 'mesa' de cabeceira. Desde então, já houve alterações - até porque mudei drástica e repentinamente de apetite literário.

Desde o início do blogue que tinha a ideia de criar uma rubrica como esta, em que partilho com vocês o que ando a ler e o que pretendo ler de seguida - agora que renovei a pilha dos livros de cabeceira, parece-me a altura ideal! Vamos lá começar...

6D90EFA7-3D11-4807-9358-9E0751E87DF5.jpeg

Começando pelo topo, temos o livro que estou a ler neste momento: Ensina-me a Voar Sobre os Telhados de João Tordo. É o mais recente lançamento do autor, que eu quis logo ler assim que li a sinopse (bem, a capa pode também ter ajudado um bocadinho hehehe).



O segundo é um livro que ando para ler há séculos, The Kind Worth Killing de Peter Swanson - traduzido para português como Aqueles que Merecem Morrer. Já li um livro do autor, o Her Every Fear, mas este - que é, aparentemente, o melhor - ainda não li. Vamos ver se é desta...

70B1B5EB-93E5-4E49-9B9D-7C5D6C4B76B9.jpeg

De seguida, temos duas antologias de contos. A primeira é de Stephen King, da qual eu já li um conto - o 1922, que foi recentemente adaptado pela Netflix e deu origem a um filme muito bom. Faltam 5 contos, talvez consiga lê-los todos!

88228638-5F0F-4338-A8C0-5036EA4907BA.jpeg

A segunda é de Katherine Mansfield, autora contemporânea de Virginia Woolf. Ambas estas antologias estão na mesinha de cabeceira porque eu vou participar no projecto #abrilcontosmil da Mafalda (canalportfolio e blog). É a forma perfeita de ir eliminando livros (ou parte deles) da intimidante pilha de livros não lidos.

68F15A58-8A4F-480C-8DBB-BF16C1C2CB6B.jpeg

Um dos livros que vou ter de (re)ler para a faculdade é a Eneida de Vergílio, um clássico romano. Já vou no livro V, mas isto vai-se lendo devagarinho até ao final do semestre, até porque se ler tudo de seguida, acabo por me esquecer de muitos pormenores :P

D2A9DFCB-D4AD-4394-94D4-758CD635373A.jpeg

O penúltimo livro é O Hipnotista da dupla Lars Kepler, que eu já comecei (mas só li um capítulo). É uma série policial que tem óptimas reviews, e eu já tenho três dos livros, por isso é mesmo só começar a lê-los!

47E88C5F-FC46-4594-AEA9-7DFEBF123171.jpeg

Por fim, The Cruel Prince de Holly Black. Este livro saiu em Janeiro deste ano, e eu recebi-o na Fairyloot desse mês, mas até agora ainda não consegui pegar nele :( Tem tido muito boas reviews e pontuações no Goodreads, por isso estou à espera de gostar - só me falta tempo e oportunidade para o ler!

··············

E são estes os livros que tenho na minha mesinha de cabeceira - quais são os vossos?
Espero que gostem deste novo segmento! Até ao próximo post ♡

Leituras de Março

Sunday, April 1, 2018

Antes de mais, quero desejar-vos uma boa Páscoa junto da família - e cheia de doces, claro! Quem me tira um bom folar, tira-me tudo! 😄

Março foi um óptimo mês em termos de leituras - li 5 livros, e ainda li um terço de outro. Além de literatura contemporânea, li ainda clássicos romanos para a faculdade. Passemos então aos livros...


Restore Me de Tahereh Mafi


Este é o quarto livro numa das minhas séries preferidas - Shatter Me. Inicialmente, era uma trilogia, mas a autora decidiu recentemente, anos após o lançamento do último livro, alargar a série a 6 livros. Claro que eu tive de ler, não é? E nem o tenho em formato físico, li-o em ebook para não ter que esperar que chegasse cá a casa hehehe
A série é uma distopia sci-fi, com romance e rebelião à mistura. Pode parecer (e até ser) piroso, mas eu adoro e mal posso esperar pelos próximos livros!

Não posso falar muito sobre o que acontece neste livro, obviamente, mas digo-vos sobre o que fala a série em geral - pode ser que alguém se entusiasme e lhe dê uma oportunidade! A personagem principal, Juliette, tem um toque letal. A infância dela foi passada na casa dos seus pais, que a maltratavam por achar que era uma aberração. Qualquer pessoa em que ela toque, morre de imediato. Após cometer, acidentalmente, homicídio, foi entregue ao governo e colocada num asilo, isolada de tudo. Um dia, Juliette acorda e está um homem na sua cela - a partir daí, tudo muda.

O quarto livro, na minha opinião, supera os anteriores. Não só passamos a ter dois pontos de vista, como a autora explora temas diferentes, muito importantes e também actuais. Entre estes temas estão ansiedade e ataques de pânico, racismo e transsexualidade.

★★★★★ 5/5 estrelas


Menina Boa, Menina Má de Ali Land


Este já tem opinião aqui no blog - aliás, foi a primeira que escrevi! É um thriller psicológico que trata a história de Annie, uma menina cuja mãe é serial killer. Durante todo o livro, acompanhamos Annie desde o momento em que denuncia a sua mãe à polícia, até ao julgamento, no qual Annie terá de testemunhar contra a própria mãe. 

Adorei este livro, e fiquei muito surpreendida quando descobri que era o primeiro da autora - estou muito curiosa para ver o que Ali Land escreverá no futuro!

★★★★☆ 4/5 estrelas


Strange Medicine de Mike Russell


Este pequeno livro é uma antologia de contos que, como sugere o título, são bastante estranhos. São 8 contos diferentes, cada um mais bizarro que o outro.
Foi-me enviado pelo próprio autor, para escrever uma review no blog em inglês. A leitura destes contos é quase como um daqueles sonhos esquisitos que o nosso cérebro engendra de vez em quando, mas eu gostei da narrativa surrealista. Além disso, é uma leitura super rápida, os contos passam a correr.

★★★☆☆ 3/5 estrelas


Hidden Bodies de Caroline Kepnes

9A5E48F0-2F0A-4E64-A7C8-DE904FB71EA3.JPG

Este foi o único livro que não li na íntegra - decidi abandoná-lo. A verdade é que esta leitura se arrastava há meses e eu voltei a tentar terminá-lo este mês, mas sem sucesso.

Hidden Bodies é a continuação do You, um thriller maravilhoso que eu li em Outubro do ano passado. Mal o terminei, comecei a sequela, que até hoje não ainda não consegui acabar. É completamente diferente do primeiro livro, e é daqueles livros que não apetece pegar, porque a história é desinteressante. O primeiro, sim, recomendo MESMO, mas este é dispensável. Ainda assim, não é um livro horrível, nem está mal escrito, simplesmente não tem o mesmo interesse que teve o primeiro - que, diga-se de passagem, li num só dia. Não digo que nunca lhe voltarei a pegar, mas acho altamente improvável...

 ★★★☆☆ 3/5 estrelas


O Diário Oculto de Nora Rute de Mário Zambujal

DBB363F3-A750-4310-8775-921034E29F81.jpeg

Finalmente, a última leitura terminada foi O Diário Oculto de Nora Rute, que também tem opinião aqui no blog. É, provavelmente, o livro favorito do mês. Não me vou alargar muito, até porque a opinião que escrevi é bastante detalhada, mas acho este livro uma delícia. Um retrato real da sociedade portuguesa dos anos 60-70, mas contado da perspectiva de uma jovem de 21 anos com ideias muito à frente, que torna a leitura muito gira.

Recomendo muito, adorei a escrita do autor - e entretanto já tenho mais dois livros dele que hei de ler brevemente!

★★★★★ 5/5 estrelas


Os Clássicos Romanos

Para as cadeiras de Estudos Clássicos que estou a fazer, li Ab Urbe Condita de Tito Lívio, que é, essencialmente, uma história de Roma, e Metamorfoses de Ovídio, que consiste quase num catálogo de mitos gregos e romanos que explicam tudo o que acontece, desde a origem do mundo, até à época Augustana.

Por hábito, não avalio clássicos - até porque quem sou eu, uma ranhosa do século XXI, para andar aqui armada em chica esperta a avaliar a obra de Ovídio? Exacto, ninguém. Assim, evito avaliar e opinar sobre obras anteriores ao séc. XVII-XVIII, simplesmente pela minha insignificância, e até pelas diferenças culturais entre essas épocas e a nossa. No entanto, tenho a dizer que são leituras que considero importantes. Por mim, toda a gente lia os clássicos gregos e romanos - até porque são a base de toda a literatura que virá depois.

···········

Bem, este post já está gigante, por isso agradeço desde já a quem chegou até aqui - haja paciência! 😄 Espero que tenham gostado do wrap-up das leituras, é um dos posts que mais gosto de escrever 👩🏻‍💻
Brevemente falarei nos livros que estou a ler e que quero ler de seguida 😊 Boa Páscoa a todos - e a quem não celebra, bom domingo! ♡

no instagram

© Achar o fio à meada. Design by FCD.