As Flores Perdidas de Alice Hart | Holly Ringland

Monday, October 29, 2018 Queensland, Austrália


Título: As Flores Perdidas de Alice Hart
Autor: Holly Ringland
Editora: Porto Editora
Ano de Publicação: 2018
Nº de Páginas: 400
Classificação: 5/5 estrelas

Goodreads // Onde comprar (portes grátis): Wook ou BookDepository


SINOPSE


Alice tem nove anos e vive num local isolado, idílico, entre o mar e os canaviais, onde as flores encantadas da mãe e as suas mensagens secretas a protegem dos monstros que vivem dentro do pai.
Quando uma enorme tragédia muda a sua vida irrevogavelmente, Alice vai viver com a avó numa quinta de cultivo de flores que é também um refúgio para mulheres sozinhas ou destroçadas pela vida. Ali, Alice passa a usar a linguagem das flores para dizer o que é demasiado difícil transmitir por palavras.
À medida que o tempo passa, os terríveis segredos da família, uma traição avassaladora e um homem que afinal não é quem parecia ser, fazem Alice perceber que algumas histórias são demasiado complexas para serem contadas através das flores. E para conquistar a liberdade que tanto deseja, Alice terá de encontrar coragem para ser a verdadeira e única dona da história mais poderosa de todas: a sua.

OPINIÃO


Muito obrigada à Porto Editora por me ceder uma cópia para resenha! 

Projecto 'Read the World': 17/196


Devo começar por vos dizer que esta leitura me arrebatou completamente, sem eu esperar. Que livro!!
Em As Flores Perdidas de Alice Hart seguimos a história da Alice. No início do livro, Alice tem nove anos, e vive com a sua mãe, que adora, e com o seu pai, um homem violento. Quando uma tragédia atinge a família, Alice tem de ir viver com a sua avó. Durante a leitura, vemos Alice a crescer, a ultrapassar os seus medos, e a tornar-se uma adolescente e, eventualmente, uma mulher adulta.

A tendência natural que a vida tinha para se repetir era uma crueldade sem limites.

OS ELEMENTOS PRINCIPAIS
Não quero contar-vos mais do que isto porque esta é uma história que merece ser lida, e eu quero que vocês fiquem curiosos para a lerem! 😋 Contudo, vou falar-vos um pouco sobre algumas das coisas que surgem na história. Primeiro, há a violência doméstica. É algo recorrente na história, por isso pode afectar quem seja mais sensível ao assunto. Segundo, temos as flores. Tal como o título indica, as flores são, provavelmente, a parte mais importante desta história. Durante a leitura, estava sempre a lembrar-me da minha avó que, tal como algumas das personagens neste livro, adorava flores e estava sempre a cuidar do seu jardim. Adorava ter o jeito que ela tinha para a jardinagem, mas quer-me parecer que não fui sair à Dona Alice 😅 Nem de propósito, o terceiro elemento é a família. Eu considero este livro uma saga familiar, já que a família está sempre presente e é explorada ao longo de várias gerações. Por último, temos o amor. Este é um elemento muito trágico ao longo de toda a história, mas de uma forma incrívelmente bela.
Adicionalmente, a autora incluiu alguns elementos que eu adoro, mas não são comuns em romances – lendas, segredos de família e plot twists. Este livro tem tudo, juro-vos! 👌🏼

ESCRITA E PERSONAGENS
Esta é uma história tão bonita, mas também tão dolorosa. A escrita de Holly Ringland e a sua forma de contar histórias são belíssimas. As descrições das paisagens Australianas, a forma como a autora incorpora as flores e o respectivo significado na sua história, tudo é fantástico. Eu nem sei o que dizer perante uma obra destas... E o simbolismo!! Todos os detalhes nesta história têm um significado e simbolizam algo, e tudo faz sentido. O facto de este ser o primeiro livro da autora deixa-me completamente embasbacada 🙌🏼
Em relação aos personagens, escusado será dizer que os adorei... Todos têm defeitos, mas todos são maravilhosos – fizeram-me desejar que o livro nunca acabasse para poder sempre ler sobre a história deles 😭 Ah, e claro que os melhores personagens são os cães... 🐶💕

Cantava histórias que a mãe lhe ensinara, sobre flores que diziam coisas que as palavras não conseguiam.

THE STUNNING EDITION
Acho que posso dizer que esta é, oficialmente, uma das edições mais bonitas das minhas estantes, se não a mais bonita. Para além da capa lindíssima, também as páginas são lindíssimas, com os desenhos das diferentes flores – e, claro, a história também é lindíssima ♡ Fui uma sortuda por ter recebido da editora uma cópia e, quando a recebi, fiquei logo apaixonada. Só não sabia que o livro me ia marcar desta forma 😍 Com o formato que tem, o livro serve quase como um almanaque ou um manual de flores Australianas – temos os desenhos das flores, as suas descrições, e ainda alguns factos sobre as mesmas. Que mais poderiam querer? Ah, e também pode ser um livro para colorir! 🙌🏼

Não suportava ver os destroços que o amor deixava para trás.


Escrita★★★★★
Ritmo★★★★★
Enredo★★★★★
Personagens★★★★★
NOTA FINAL5 estrelas

E vocês, já leram a história de Alice Hart? Digam-me nos comentários o que acharam!

COMPRAR ESTE LIVRO COM PORTES GRÁTIS
Obrigada por visitarem o blog,
Até à próxima ♡

Se tiverem interesse, podem ver aqui uma lista de todas as resenhas aqui no blog!

Perto de Casa | Cara Hunter

Wednesday, October 17, 2018 Oxford, UK


Título: Perto de Casa
Autor: Cara Hunter
Editora: Porto Editora
Ano de Publicação: 2018
Nº de Páginas: 310
Classificação: 5/5 estrelas

Goodreads // Onde comprar (portes grátis): Wook ou BookDepository

SINOPSE

Como pode uma criança desaparecer sem deixar rasto?
A noite passada, Daisy Mason de oito anos, desapareceu enquanto decorria uma festa de família. Ninguém viu, ouviu ou percebeu o que quer que fosse, ou pelo menos, é o que todos dizem.
O Inspetor Adam Fowley está a tentar manter o espírito aberto, mas ele sabe que nove em dez vezes, o responsável é alguém que a vítima conhece muito bem.
Alguém está a mentir. E o tempo está a esgotar-se.

OPINIÃO

Muito obrigada à Porto Editora por me ceder uma cópia para resenha! 

Meu Deus, que livro!! 😍 Como devem saber, adoro thrillers e policiais. Quando vi esta novidade da Porto Editora, decidi pedir um exemplar para dar a minha opinião. Tinha um feeling que me dizia que ia gostar, mas as minhas expectativas foram superadas 🙌🏼 Perto de Casa conta-nos a história de Daisy, uma menina de 8 anos que desapareceu de uma festa que decorria no seu próprio quintal. Através da perspectiva do detective Adam Fawley, o leitor tenta descobrir onde está Daisy, quem a levou, e como é possível que ninguém na festa tenha visto algo suspeito.

ENREDO E ESCRITA
Perto de Casa é um policial sobre o rapto de uma criança – algo que todos nós já vimos anteriormente. Porém, já li vários livros deste género, e não me lembro de gostar tanto de nenhum deles como gostei deste. A história é super viciante, ajudada pela escrita envolvente, e eu só queria ler mais e mais. Não é um livro longo, tem pouco mais de 300 páginas, mas acontecem milhentas coisas. A leitura é rápida e compulsiva porque há revelações e reviravoltas página sim, página não – para alguém conseguir pausar a leitura, é um caso sério 😅

OS MEUS FLASHBACKS
Algo que se destacou durante a leitura foi o formato. Para além da prosa, que corresponde a uns 85% do livro, temos outros formatos: artigos de jornais, transcrições de interrogatórios, e tweets. Os media são uma parte relevante desta história, especialmente o Twitter. Durante a leitura, tive vários flashbacks do caso McCann. Toda a gente culpou imediatamente os pais da Daisy, tal como ocorreu quando a pequena Madeleine desapareceu, já que o seu comportamento é "inadequado" perante a situação. Além disso, se os pais não fossem negligentes, Daisy ainda estaria em casa. Adorei ver a opinião do público ao longo da investigação, tornou tudo ainda mais real.

PERSONAGENS PROBLEMÁTICOS
Em Perto de Casa, conhecemos vários personagens avariados do juízo, começando pelos pais da Daisy. Basicamente, nada do que eles fazem é o que uma pessoa normal faria na sua situação – e isto, como já mencionei, faz com que toda a gente desconfie deles e os acuse. A mãe, especialmente, age de uma forma estranha, quase que parece que não quer saber, ou que nem sequer se apercebe da gravidade da situação. Eventualmente, percebemos porquê...
O narrador, Adam Fawley, é a típica figura de um detective. Um homem perturbado, com um passado obscuro e doloroso. Desde o início, sabemos que algo terrível aconteceu com o seu filho e, durante a leitura, vamos tendo pequenos flashbacks do seu passado. No entanto, o livro não é sobre o detective, mas sim focado no caso e na investigação.

EPÍLOGO SURPREENDENTE
Chegando ao final, o autor arrebata-nos completamente. Sabem quando leem um livro e sentem que já foi tudo revelado? Bem, eu também achei isso, mas estava enganada. No final do livro, o autor atira-nos um twist final que nos deixa boquiabertos. Certamente, alguns de vocês conseguirão prever o twist, mas eu estava longe de imaginar este final. Adoro quando os autores me enganam, é fantástico 😄

Escrita★★★★★
Ritmo★★★★★
Enredo★★★★★
Personagens★★★★★
NOTA FINAL5 estrelas

E vocês, já leram Perto de Casa? Digam-me nos comentários o que acharam!

COMPRAR ESTE LIVRO COM PORTES GRÁTIS
Obrigada por visitarem o blog,
Até à próxima ♡

Se tiverem interesse, podem ver aqui uma lista de todas as resenhas aqui no blog!

Séries Sinistras e Assustadoras para este Outono

Sunday, October 14, 2018


Já que a altura do Halloween e de tudo o que é assustador se aproxima, achei por bem recomendar entretenimento que condiz com esta época. Eu adoro tudo o que é sinistro e assustador, especialmente filmes e séries, e é disso que vos venho falar hoje 🎃

Todas estas séries são muito recentes (ou do fim de 2017, ou já deste ano), portanto a sua produção é incrível. Não vou contar-vos muito sobre as histórias porque, a meu ver, a vossa experiência será melhor se forem um pouco "às cegas", apenas com uma noção geral. Espero que gostem! ☠


THE RAIN (2018)

Image result for the rain (2018)

Comecei a ver esta série dinamarquesa há pouco tempo e, apesar de só ter visto dois episódios, tenho estado a adorar! É bastante stressante porque, tal como o título indica, tem tudo a ver com a chuva. Qualquer pessoa que entre em contacto com a chuva, ou com alguém que tenha apanhado chuva, apanha o vírus fatal que a mesma traz consigo. Imaginem o pânico que uma pessoa sente ao ver os personagens a fugir de uma tempestade que se aproxima rapidamente, sabendo que não podem, em circunstância alguma, entrar em contacto com a mesma... 😅


CASTLE ROCK (2018)

Image result for CASTLE ROCK (2018) poster

Castle Rock passa-se na cidade ficcional com o mesmo nome, criada por Stephen King, que é também co-produtor da série. A história é bastante complexa - e difícil de explicar -, por isso aconselho que, simplesmente, arrisquem ver o primeiro episódio. Admito que é uma série um pouco confusa, mas a atmosfera e a história em si compensam!


YOU (2018)

Image result for YOU (2018) series joe goldberg poster

Baseada num dos meus livros preferidos, You de Caroline Kepnes, esta mini-série segue Joe, um rapaz que fica obcecado com Beck quando ela entra na sua livraria. Joe desenvolve uma obcessão, que o leva a tornar-se stalker e a arranjar formas de manipular Beck. O problema é que Joe é um personagem bastante carismático, o que nos leva a gostar dele, apesar de todas as coisas terríveis que ele faz.


DARK (2017)

Image result for DARK (2017) poster

Dark é uma série alemã de ficção científica que alterna entre o passado e o presente. Tal como Castle Rock, pode tornar-se confusa. É importante que se preste atenção aos personagens e quem é quem, especialmente quando voltamos ao passado. É uma série viciante, eu vi tudo em cerca de duas semanas e adorei!


SHARP OBJECTS (2018)

Image result for SHARP OBJECTS (2018) poster

Também baseada num dos meus livros preferidos, Objectos Cortantes de Gillian Flynn, esta mini-série segue a história da jornalista Camille Preaker, que regressa ao sítio onde cresceu no âmbito seu trabalho. Assim, Camille tem de enfrentar os fantasmas do seu passado enquanto investiga o desaparecimento de uma menina. É uma adaptação muito fiel ao livro e tem uma atmosfera sombria incrível. Se quiserem escolher apenas uma das recomendações da lista, escolham esta! 😉



E vocês, também são fãs de tudo o que é creepy e assustador? Deixem nos comentários as vossas recomendações de livros, filmes ou séries deste género!

Obrigada por visitarem o blog,
Até à próxima! ♡

no instagram

© Achar o fio à meada. Design by FCD.